quinta-feira, 22 de março de 2012
CONCENTRAÇÃO:
1) Controle de Contingências: o primeiro passo é controlar o ambientem de estudo e a autossabotagem.
2) Exercícios Sensoriais (visão, audição, olfato, figura abstrata e tato): são treinamentos que e vemos fazer a cada 02 dias, escolhendo um tipo de cada vez. É bom fazer um quadro para marcar quantas vezes foi realizado cada tipo de exercício.

Todos os exercícios têm duração de 03 minutos e requerem o uso de despertador, para não ficar controlando o tempo durante o treinamento, sob pena de ineficácia.

Veremos adiante quais são os exercícios para cada sentido.

2.1) Visão: escolher um objeto qualquer e ficar olhando fixamente para ele e toda vez que vier à cabeça qualquer pensamento dissociado do objeto escolhido, anotar em um papel - isso mostra quantas vezes você se desconcentrou. Este exercício é muito difícil, pois a ansiedade gerada por ela por si só prejudica a capacidade de concentração.

Após terminar o tempo, deve-se fazer um gráfico de nº. de práticas X nº. de distrações. Com a prática deste exercício, o nº. de distrações tende a diminuir até se estabilizar - o gráfico serve para comparar o seu desenvolvimento. Se der um "pico" aleatório no gráfico, é porque o leitor está mais ansioso e, portanto, mais distraído. Obs.: os gráficos servem para todos os exercícios sensoriais.

2.2) Audição: escolher uma música (de preferência clássica) e ficar tentando escutar somente o ritmo instrumental enquanto escuta 03 minutos da música.

2.3) Olfato: escolher vários cheiros fortes e tentar sentir apenas um deles. Pode ser estranho, mas é relevante para concurso no caso de o concursando se desconcentrar ao sentir determinados cheiros no ambiente.

2.4) Figura Abstrata: trata-se de um exercício de emissão ideal para prova oral (para não perder a linha de raciocínio durante a exposição). Deve-se escolher um desenho imaginário, traçá-lo no ar com o dedo e tentar guardá-lo na mente. Quando o desenho sumir, deve-se fazer outro. Com o passar do tempo, conseguimos guardar mais imagens.

2.5) Tato: pode envolver imaginação, ao invés do tato em si. Ex.: imaginar que pegou um gelo e tentar não pensar em outra coisa senão a sensação do gelo.

Obs.1: teste do "Céu Estrelado" - fixar em uma só estrela. Chegará um momento em que deixa-se de ver as outras e enxerga-se apenas a estrela escolhida. Isto se deve ao fato de os estímulos externos em um ambiente em que estamos concentrados tendem a ser ignorados. É o que ocorre com tudo que é constante (ex.: só percebemos que o ar condicionado é barulhento quando ele é desligado. Já o telefone, ao tocar, desconcentra, pois não é algo constante).

Obs.2: você deve fazer exercícios para os sentidos que realmente geram desconcentração para você e isto é individual.


MITOS E VERDADES:
1) Alimentação que auxilia a memória (ginseng, ginkgo-biloba, etc): não há comprovação científica quanto ao efeito destas substâncias sobre a memória, mas fatores fisiológicos são importantes, portanto se alimentar mal prejudica o cérebro.

2) Hidratação: não há estudo que comprove que beber X litros de água por dia melhora a memória. Mas não podemos ficar desidratados porque os fatores fisiológicos influenciam na capacidade cerebral.

3) Alzheimer pode ser evitado/controlado com exercícios: não há base científica para tal afirmação.

4) Sono: é durante o sono que se consolida a memória de longo prazo, então, dormir bem é necessário.

Dicas: utilizar o quarto apenas para dormir, conforme já explicado; praticar atividades físicas regulares.

Não se recomenda o uso de medicamentos, pois gera dependência por atingir o sistema nervoso central.

5) Ritalina (remédio para transtorno de déficit de atenção): é, na verdade, para pessoas que não conseguem controlar a tensão. A ritalina funciona, mas há danos colaterais maiores em quem toma o medicamento sem realmente ser portador do transtorno.

Chegamos ao final do resumo do curso de memorização, queridos colegas. Espero que tenha sido útil e que vocês apliquem os conhecimentos adquiridos à rotina de estudos!

* Mais dicas em http://www.supermemoria.com.br. Twitter: @supermemoria.

* Para assistir ao curso completo, que é gratuito, clique aqui.

0 comentários:

Sobre Mim

Minha foto
Marina Fraga
Marina, 27 anos, advogada, especialista em Direito Ambiental. Adoro escrever matérias jurídicas, descobrir macetes para concursos e participar de debates que versam sobre Direito. Pretendo, por meio do Blog Law Tips, compartilhar com vocês um pouquinho do produto dos meus estudos e pesquisas!
Visualizar meu perfil completo